Thiago Lontra/Alerj

O sigiloso ‘rachid’ do PT

As apurações que envolvem o petista André Ceciliano, presidente da Assembleia do Rio, cujo gabinete movimentou 49 milhões de reais, e outros 21 deputados seguem envoltas em mistério
20.12.19

Presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, o petista André Ceciliano ocupa uma cadeira que já foi o trono da corrupção no estado. Os seus três antecessores no cargo, que por duas décadas comandaram a casa, estão na cadeia trancafiados pela Lava Jato. No final de novembro, Ceciliano também sofreu um dissabor na Justiça. O Supremo Tribunal Federal manteve a ação penal contra ele por fraude em licitação e desvio de verba na compra de uma ambulância, realizada ainda em 2004, na época em que era prefeito na Baixada Fluminense. Fora o contratempo desse processo que até ameaça caducar, o deputado navega em calmaria na política fluminense. A investigação do “rachid”, que aperta o senador Flávio Bolsonaro, até agora não deu em nada para o petista, embora seu gabinete na Assembleia esteja no topo da relação de movimentações suspeitas. Segundo o antigo Coaf, atual Unidade de Inteligência Financeira, quatro assessores de Ceciliano movimentaram 49 milhões de reais, quarenta vezes o valor de 1,2 milhão atribuído a Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio.

O mesmo se aplica aos demais 21 parlamentares sobre os quais o Coaf identificou operações suspeitas num total de cerca de 200 milhões de reais. O Ministério Público Estadual até abriu investigação criminal contra oito deles, incluindo Ceciliano, que tiveram os sigilos bancário e fiscal quebrados. O inquérito, no entanto, está em segredo de Justiça, o MPE não divulga nomes de investigados relacionados aos casos e nem sequer é possível acompanhar as etapas do processo no site do Tribunal de Justiça. A quebra de sigilos ocorreu em 11 de abril. No começo de julho, houve uma audiência no Tribunal de Justiça do Rio entre advogados dos acusados e os promotores. O Ministério Público não quis responder a Crusoé em que estágio estão as investigações contra o petista e demais parlamentares. Além de Ceciliano, outros dois deputados cujos assessores registraram movimentação expressiva, conforme o Coaf, foram Paulo Ramos, do PDT, hoje deputado federal (30 milhões de reais), e Márcio Pacheco, do PSC, líder do governo de Wilson Witzel na Assembleia (25 milhões de reais).

Agência SenadoAgência SenadoPaulo Pimenta: “profecia” sobre Flávio, mas seu colega do PT segue blindado
O inquérito contra Flávio Bolsonaro é menos blindado. Na terça-feira, 17, véspera da operação de busca e apreensão contra o senador, o seu teor virou assunto na tribuna da Câmara dos Deputados. O deputado petista Paulo Pimenta, do Rio Grande do Sul, disse no plenário que “Queiroz é o caixa da família Bolsonaro e recebeu dinheiro de milicianos”. São acusações muito semelhantes às usadas pelo Ministério Público para convencer a Justiça a determinar buscas contra Flávio. Após a operação, Pimenta gracejou nas redes sociais dizendo que fez uma “profecia que se confirmou”. Sobre Ceciliano, seu companheiro de partido, nenhuma previsão.

Não por falta de elementos. Apenas dois funcionários do petista, o empresário Carlos Alberto Dolavale e sua ex-mulher Elisangela Barbiere, movimentaram mais de 40 milhões de reais entre 2011 e 2017, segundo o antigo Coaf. Eles possuem negócios em Paracambi, município onde o deputado foi prefeito e comprou a tal ambulância numa licitação sob suspeita de fraude. “Esse dinheiro é meu mesmo. Eu faço movimentação nas lojas aqui da cidade. Nada a ver com Assembleia”, disse Dolavale. “Já procurou ver o do Queiroz?”, perguntou o empresário. Dolavale esteve nomeado na Assembleia entre 2011 e 2012. Diz que saiu do emprego porque o salário era baixo. O filho trabalhou no gabinete de Ceciliano até março, com vencimentos de 3,3 mil reais. Em novembro, abriu juntamente com o pai uma construtora com capital de 500 mil reais. Elisangela deixou a Assembleia em janeiro e entrou para o ramo de estacionamento. Tudo em Paracambi, uma cidadezinha de 47 mil habitantes. Por meio de sua assessoria, Ceciliano afirmou que abriu mão de seu sigilo bancário e mandou seus funcionários entregarem extratos de contas e cópia do imposto de renda para o Ministério Público. Ele afirma ainda que um dos citados no relatório do Coaf nunca foi empregado de seu gabinete. “Portanto, o montante de 49 milhões não corresponde à realidade. A apuração do MPE se refere a movimentações nas contas de funcionários e não na do deputado”, disse a assessoria. Os deputados Paulo Ramos e Márcio Pacheco não responderam a Crusoé. Eles já negaram irregularidades anteriormente.

Nas eleições de 2018, Ceciliano declarou bens de 1,9 milhão de reais, 362 mil em dinheiro vivo. Ele assumiu o comando da Assembleia Legislativa no final de 2017, quando a Lava Jato prendeu o presidente Jorge Picciani, do MDB, acusado de receber propinas das empresas de ônibus em troca de aprovar projetos favoráveis ao setor. O ex-deputado Paulo Melo e o ex-governador Sérgio Cabral, outro que presidiu a Assembleia, também estão presos. Com trânsito em vários partidos, o petista conseguiu se eleger presidente em 2019, mesmo em desvantagem, uma vez que o PT possui apenas três parlamentares contra 12 do PSL, o então partido de Bolsonaro. Até agora, tudo vem dando certo para ele.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Além do mais, se o país for passar por um PROCESSO DE LIMPEZA e REGENERAÇÃO, então haverá um antes e depois. O que existia antes vai deixar de existir depois, ou seja, se antes era fácil empurrar com a barriga, depois não será mais possível. Portanto, quem perder a oportunidade no FEIRÃO DA CORRUPÇÃO correrá o risco de depois ter que arcar com as consequências, melhor limpar a barra por inteiro e não deixar ponta solta nenhum. Se é para renegociar, que se renegocie qq pendências que existam.

  2. Agora, é óbvio que se houver um PROCESSO DE EXPIAÇÃO, aí faz total sentido que o esquema de Rachid entre no pacote. É aquela questão, se alguém vai assumir a responsabilidade por algo e obter algo em troca disto, então que expie toda a sua culpa e elimine qq possibilidade de que depois venha a ser acusado por alguma coisa. Para que deixar pontas soltas para trás? Só para manter as aparências e alimentar a vaidade? Isto não paga eventuais encheções de saco.

  3. Isto é que é tortura, os CORRUPTOS na maior CRISE DE ABSTINÊNCIA estão vendo Bolsonaro como se fosse uma gazela no meio da savana só esperando para ser abatida pelo leão, mas eles nada podem fazer. A gazela ainda levanta a cabeça, olha para eles e continua pastando como se nada acontecesse. Para os demais envolvidos no Rachid, as impropriedades cometidas pelo MP-RJ podem ser uma mão na roda. No mínimo as investigações voltariam à estaca zero.

  4. Se eles não podem pedir o impeachment ou anular a eleição do ano passado, então eles não têm saída. Mas o sofrimento maior é ver um cara cuja popularidade se torna mais escassa e isto não se reverte em vantagem. Tudo o que eles fizeram foi completamente em vão e a maior ironia de todas é que com isto gastaram todos os seus cartuchos para não obterem nada. Se enrolaram mais do que já estavam e em troca nem um mísero retorno que fosse eles obtiveram.

  5. Enquanto eles estiverem soltos, vão continuar se enforcando, então é irrelevante o que eles fazem, pois basicamente trata-se só de apertar eles para que façam o que se espera deles. Aliás, há que se diferenciar a "fraqueza" de Bolsonaro, uma coisa é a "fraqueza" dele perante a população e outra perante os CORRUPTOS. Se eles não podem derrubá-lo nem atingi-lo através do filho, é irrelevante qual o patamar de popularidade dele, pois isto é inócuo para os CORRUPTOS.

  6. Diante de tudo o que se viu até agora, é completamente irrelevante se os CORRUPTOS terão peito para pedir o impeachment de Bolsonaro. Isto significa que ele deveria dobrar, triplicar, quadruplicar a aposta e por aí vai. Os CORRUPTOS já perceberam que estão na cova dos leões, portanto não há estratégia nem tática, é DESESPERO PURO. Deste ponto em diante não se trata mais de controlar a situação, mas em apertar eles e deixar a coisa rolar.

  7. Pois como é possível se explicar que de mais de uma dezena de investigados só o caso de Flávio Bolsonaro tenha ganhado atenção até agora? Se os outros colaboraram, então pq não foram inocentados? Pq se eles colaboraram, então as investigações deveriam ser arquivadas ou coisa do tipo, tendo o sigilo levantado para que qq um possa analisar as evidências colhidas e a conclusão do MP-RJ. Se o verdadeiro alvo não é Bolsonaro, então pq só o filho dele é que aparece?

  8. Tudo bem que ele não "tenha" ninguém na imprensa a favor dele, mas e a internet, as redes sociais, os aplicativos de msg? Pq cargas d'água não apareceu toda a sujeira dos demais envolvidos no esquema Rachid e dos membros do MP-RJ? Se Bolsonaro quer escapar, então passou da hora de gritar PEGA LADRÃO. Uma coisa é ele parecer fraco perante os CORRUPTOS, outra é ele facilitar a vida destes. Vejam Gilmar Mendes, ele pode até ser CORRUPTO, mas ele desiste?

  9. A tática, tanto do PT quanto de outros partidos, não foi sempre tacar a sujeira alheia no ventilador quando surgia alguma denúncia ou escândalo que envolvesse quem quer que fosse? É o que se pode chamar de SURUBIZAÇÃO DA CORRUPÇÃO, uma vez que está todo mundo nu e metido até o pescoço na sacanagem, então ninguém pode apontar o dedo para o outro nem fazer discurso moralista. Mas pq cargas d'água Bolsonaro até agora não apelou para a SURUBIZAÇÃO do Rachid na Assembleia do Rio?

  10. O mesmo raciocínio que vale para Queiroz no esquema Rachid da assembleia do Rio vale para os demais envolvidos. Se foram cometidas irregularidades, então o processo deveria ser anulado não só no caso de Queiroz. Dentro desta lógica, a não ser por questão de danos de imagem, seria irrelevante o que sairia das investigações conduzidas pelo MP-RJ, já que eles teriam cometido violações em série do devido processo penal. Sendo assim, pq os demais envolvidos devem continuar blindados?

  11. Sou favorável à condenação de Flavio Bolsonaro, caso se confirme sua culpa, porém, não concordo com essa seletividade de investigação. Deve-se investigar TODOS os envolvidos, sem exceção. Pergunta-se. Porque essa caça exclusiva ao Flávio Bolsonaro. A Justiça do Rio tem se mostrado totalmente parcial. Qual é o estagio de investigação dos desvios do presidente da ALERJ, o petista André Ceciliano que movimentou 49 milhões de reais? Por que não se dá publicidade a esse caso? Cheiro de podre no ar.

    1. Fico intrigada com a atitude parcial do MPE, me causa estranheza esses 49 milhões flutuarem no espaço sem que haja um dono oficial.

  12. Políticos no Brasil, são TODOS, pilantras, ainda mais no Rio de Janeiro! O PT e seus partidos penduricalhos, precisam ser eliminados da vida pública. Representam o atraso!

  13. Como essa raça de meliantes tem desculpas para tudo. Essa juíza, a filha de Witzel não deu ordem para todos, somente para o Flávio, que justiça essa nossa, Vergonha!

  14. Tem q procurar q vai encontar falcatrua dele e de todos os demais. Basta ver q Procuradori do estado, So escapou uma, o resto tava cheio de falcatrua. Se procurar nas procuradorias municipais, nao vai ser diferente. se tem uma coisa bem distribuida neste pais e'a bandalhaira. Tem q botar MPF pra trabalhar e entregar esses caras.

  15. O estado do Rio de Janeiro precisa que a sua população aprenda votar, pois não é possível que continuem votando nessa corja que acabou com o estado. Tudo que tem de pior está na política carioca com dezenas de preços e centenas ainda roubando com proteção jurídica. O resultado disto está ai para quem quiser ver.

  16. Essa matéria deixa bem claro como a politicagem tomou conta do ministério público do Rio e do sistema Globo de comunicações, o caso Flávio é repetido trocentas vezes em seus telejornais enquanto outros do gênero que envolvem valores n vezes maiores nem são citados, quando o são se limitam a uma breve nota para dar cara de isenção, e o envolvimento de Witzel com o MP? Porque nesse caso o segredo de justiça é respeitado? Chega a ser vergonhosa toda essa conspiração contra o nome Bolsonaro.

  17. PT/PSL/PMDB unidos no crime. Alguma dúvida? 2018 era para eleger gente nova contra a corrupção e Flávio foi flagrado com a boca na botija. Acovardou-se e apegado ao cargo começou a mentir. Seria mais barato confessar, reconhecer o erro, pagar uma multa e seguir em frente. Gabeira fez o mesmo com muita dignidade. Mas o pateta do 01 se achando acima e superior está pondo fim ao governo de Bolsonaro, outra toupeira

  18. Lula/PT/Bolsonaro/PFL/Aliança Pelo Brasil, tudo farinha do mesmo saco. Tal saco chama-se "Constituição do Brasil de 1988". Só veremos a luz no final do túnel com uma nova Constituição! Vejam o brilhante artigo do grande Jurista Modesto Carvalhosa no estadão de 09/12/2019 seguido do não menos brilhante artigo do grande jornalista Fernão Lara Mesquita no mesmo jornal em 11/12/2019. Urge portanto lutarmos por uma nova constituinte já!

    1. Uma nova Constituição tem que ser feita por gente honesta,limpinha. Do jeito que é será pior,politicagem,conchavos etc..Basta dessa gentalha. Tem gente muito boa se fossem eles a fazer e votar,rsr,aí sim! No bando não dá!

  19. como a reportagem diz...as investigações continuam em sigilo. A imprensa não perde tempo em divulgar porque não dá "ibope". É de audiência que vive a imprensa. É o Flávio com seus super poderes, suas desculpas esfarrapadas...faz questão de alimentá-la.

  20. O primeiro crime não justifica os demais do futuro. Alem disso o PT era useiro e vezeiros na prática desses e outros crimes de corrupção! Agora o PSL e os "bolsominos", cá pra nós, não vieram para acabar com tais práticas delituosas? Foi tudo "fake news"? Ou "171" eleitora? Impõem-se que os novelos sejam desenrolados e penalizados os culpados em nome da moralidade e dos bons costumues políticos!

  21. Só ele? E os outros que roubaram muito mais. Não vejo a mídia, MP, OAB cobram isso da justiça. Parece que realmente está tudo aparelhado pela esquerda.

  22. Infelizmente assim a justiça brasileira continua nos envergonhando. Blindar os que mais roubaram..? Muito feio, onde fica a imparcialidade..!

    1. envergonhar? Quem nos envergonha são brasileiros como vc que apoia bandidos! A própria reportagem falou que a investigação está em andamento...a imprensa que não se interessa pois não dá audiência..e é de audiência que a imprensa sobrevive.

  23. Pois é, uma boa investigação é quem são os integrantes do MPE do RJ e seus vínculos com PT, PSOL, PC do B, esta escória da nossa já tão corrupta política nacional.

  24. difícil entender o que a mídia esquerda faz, massacraram um pela movimentação de 1,2 e nem sequer uma linha a respeito dos demais com movimentações muito superiores. Parabéns a CRUSOÉ pela forragem de repor a verdade. E fica a pergunta - porque será que estão crussificando um e fechando os olhos para os outros?

  25. Até que enfim uma reportagem que merece ser mais divulgada e que não tem tido nenhuma repercussão na mídia em geral. PARABÉNS ao autor Hudson Corrêa.

    1. É bom saber que tem mais gente pensando assim. Estou colocando muito fé no NOVO. O comportamento de seus políticos, ao menos por enquanto, são exemplares!

    2. Concordo Plenamente. Quero ver se o partido da familia JB vai fazer um estatutu com os compromissos q o NOVO assumiu.

  26. A mídia só divulga Flávio e Queiroz. Não vejo a mesma ênfase nas investigações dos maiores valores do COAF. A esquerda é protegida. Parece um tipo de máfia.

    1. O que a imprensa virou, voce ainda nao percebeu, Tania, por isso assinamos essa revista, noticias menos contaminadas.

  27. É um mar de corrupção em todos os níveis, do legislativo, judiciário e executivo. Os tucanos, petralhas e outros estão sendo substituídos por bozos, evangélicos, maçonaria, Opus dei e etc. É uma guerra sem horizonte à vista. Pobre Brasil!

  28. nada absolutamente nada contra esse povo maravilhoso do RJ. mas como diz ADT mas os políticos do estado do RJ tem um só que se salva? quem se puderem informar

  29. Isso atesta de forma inequívoca contra o MINISTÉRIO PÚBLICO DO RJ. É uma TRAMA visível a olhos nus. Parcialidade total. Justiça sendo utilizada de forma criminosa para atingir adversários ou desafetos

  30. Um Petralha na presidência da Assembléia do Rio explica bem porque o Estado está falido... É muita roubalheira e safadeza juntas...

  31. A Psicopatia entre os políticos eh assustadora,estarrecedora... parece q o lixo do Brasil eh escoado para a política.Sem Pena de Morte não haverá espaço em prisão.Eu mesma fico estarrecida comigo ao pensar uma coisa dessas,mas,eh como estar num voo tendo q reduzir o preso... tem muita criança e jovens chegando e precisando de tudo,inclusive de gente com vergonha na cara!

  32. Deve ser penalizado também, pois o que conta não são os valores e sim as atitudes. $1,00 ou $ 1.000.000.000,00 pouco importa é roubo da mesma forma.

    1. Os valores importam também. O prejuízo é maior, e tem que ser ressarcido.

  33. A resposta é clara, o MP do RIO tem como alvo o filho do Bolsonaro, querem realmente atingir ao Presidente e o desespero toma conta deles, querem ter pessoas que pensam iguais a eles, ou seja, tomar de todo o jeito dinheiro público e não ser punido. Tem que PUNIR a TODOS, doa a quem doer, mas que os processos andem da mesma maneira e não só para um.

  34. Está claro o dedo do governador do Rio neste caso, blindando seus comparsas e atingindo os bolsonaros, esse governador do Rio não vai conseguir seu objetivo ser presidente....muito fraco.

  35. O MP do Rio não é sério. Atua de forma seletiva, por razões políticas. É leniente com a milícia e a banda podre da polícia. Nada no Rio funciona como deveria.

    1. O Brasil só terá um futuro promissor quando acabar com pessoas que querem ser políticos sómente no intuito de enriquecer rapidamente sem trabalhar. só conversar é trabalho?

    1. Deve ser que se tirar a blindagem pode pegar estilhaços de sujeira no MP.

  36. Até que enfim vocês ampliaram o foco da roubalheira. Tava ficando chato só falar do Flávio. Todos que cometeram crimes devem pagar por eles e na devida proporção. A mesma cobertura proporcional deveria ser dada pelas mídias

  37. A imprensa deveria fazer os alardes para todos os envolvidos e não focar só no Flavio, para mim todos tem culpa e fizeram sacanagem.

  38. Tudo picareta. Mas esse "montanha" chega a ser nojento. A hora dele vai chegar. Veremos a arrogância como vai ficar.

  39. 4°Linha do segundo parágrafo:-"O inquérito,no entanto,está em segredo de justiça,o MPE não divulga nomes de investigados"...Mas VAZOU toda Investigação de Flávio com todos os nomes, por que?Tivesse respeito à inteligência do leitor,o Único FATO digno de uma matéria seria:-"MPECarioca VAZA SELETIVAMENTE Nomes de Investigação Sob SEGREDO DE JUSTIÇA"! O MPE carioca "investiga" 21 casos suspeitos de Movimentações Atípicas na ALERJ,mas só trouxe a público o caso de Flávio Bolsonaro!Qual é o critério?

    1. Uma pergunta Lucia: somente o Flávio tem esquema montado? Observação: Não tenho bandido de estimação. Para mim todos sem exceção, deveriam ir ao paredão, porque pago altos impostos pra manter essa corja.

    2. A importância do fato não é o vazamento do esquema de Flávio mas o esquema montado por Flávio! Mais uma decepção!

  40. Com esse MPE aparelhado, o Rio está represado nas águas fétidas da Lagoa Rodrigo de Freitas. E ainda tem um montão de artistas babacas que fazem do circo voador um aglomerado de imbecis.

  41. O Rio de Janeiro tem jeito? Em se mantendo a proteção a bandidos, como vem de longo e indefinível tempo, impossível. Quem blinda bandido tem que ser esquadrinhado com tanta ou maior diligência que a usada contra o próprio criminoso.

  42. Desse bandido que desviou $49 milhoes uma nota de rodapé. O ANTAGONISTA quer ver o circo pegar fogo. Nao é atoa que seu dono mora na Itália . Que Flavio pague pelo crime por ventura cometido , mas esquarteja_lo em praça pública . Ai é assassinato de reputação .Menos antagonista, se querem vender revista tudo bem , mas nao tome o caminho da Veja. Se for isso o Diogo aprendeu mesmo o caminho das pedras. Afinal veio de lá. Publiquem meu comentário ,tenha coragem.

    1. Elio, não sou bolsonarista mas tenho sentido um certo mal estar com essa história, e longe de mim qualquer ideia de impunidade, é uma questão de desproporcionalidade.

  43. Sempre interesses pessoais prevalecendo sobre os públicos. As brigas entre grupos políticos, dispersam qualquer considerações a o povos que elegeu os membros desta inclassificável classe política brasileira.

  44. Tenho a impressão que é uma estratégia usada pelos investigadores para, daqui a alguns dias, calar a boca da petralhada que, aliás, não está tão eufórica assim. Quem ri por último ri melhor. Vamos aguardar.

    1. Alem de Witzel o antagonista faz $600 mil virar $49 milhões. Querem coloxar fogo no pais. Enquanto seu dono mora na Itália. O quer quer DIOGO MAINARDI????? Ser um puxadinho da globolixo? Os Marinhos estão investindo nesse blog? Respondam e publiquem afinal também sou leitor e assinante. Ou vai fazer igual o que acusam o Tofolli.?

  45. A doideira disso tudo é que Janeiro está ai e tenho de fazer o meu imposto de renda, o Patrimonio declarado é igual a de uma grande maioria de envolvidos em escandalos milionarios no RJ, qual grande diferença: Minha garangem não tem carros blindados, eu e minha mulher não saimos de casa com medo de balas perdidas, alem de não moramos em 500/1000 m2 em Condominios de luxo no RJ. A Receita Federal não faz o seu trabalho.

  46. Se o STF não segurar e o MP conseguir pegar o 01 acho que a casa vai cair pra todos os demais pelo efeito dominó. O Fabrício é só o operador do Flávio, mas com certeza vai entregar o esquema de todo mundo

    1. Esta sim deveria ter sido a matéria de capa porque envolve muito dinheiro. Faltou criatividade da revista !

Mais notícias
Assine agora
TOPO