Paulo Preto e o precedente na Lava Jato

20.12.19

A anulação da condenação de Paulo Preto a 145 anos de prisão pelo STJ espantou a Lava Jato. O ministro Reynaldo Soares da Fonseca acolheu um pedido da filha do ex-diretor da Dersa e determinou o retorno do processo à fase das alegações finais com base no recente entendimento do STF de que réus delatados devem se manifestar depois dos réus delatores nos autos. Só que, no caso do operador do PSDB, a ex-funcionária que o acusou era ré confessa e não colaboradora formal. A própria Justiça Federal de São Paulo reconheceu que Mércia Ferreira Gomes não fez acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal. A força-tarefa paulista considera o precedente perigoso e vai recorrer da decisão.

Mateus Bruxel/FolhapressMateus Bruxel/FolhapressFuncionária que acusou Paulo Preto era ré confessa e não colaboradora

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. No Brasil a única justiça que funciona é a justiça divina pela qual todos nós um dia iremos encarar. A corrupção é judicializada.

  2. Sem a coisa ter chegado neles, já estão se expondo assim, quando chegar, aí vai ser PURO DESESPERO. O SOLAPAMENTO DA BASE DA PIRÂMIDE DA CORRUPÇÃO serve exatamente para não deixar qq dúvida para o CIDADÃO COMUM como a REDE DA CORRUPÇÃO está estruturada e age. Quando o CIDADÃO ligar todos os pontos, todas as sabotagens dos CORRUPTOS só servirão para não deixar dúvida do que eles estavam fazendo.

  3. Se eles estão DESESPERADOS assim pq a coisa até agora não chegou neles, imagina quando começar a atingir as instâncias inferiores do judiciário, eles vão fazer muito mais besteira e chegar a níveis mais inacreditáveis do que tudo que já se viu até agora. Isto pq ainda tem a análise da suspeição de Moro, anulação da condenação de Lula. Antes disto o cerco deveria se fechar muito mais, para que até os cegos vejam as reais intenções deles.

  4. Com a BASE DA PIRÂMIDE a cada dia mais trincada, simplesmente é demais para que eles consigam interromper o processo, podem no máximo fazer uma ou outra sabotagem aqui e acolá, mas nada para parar o SOLAPAMENTO. Se eles não vão tirar nem Bolsonaro nem Sérgio Moro, o que resta a eles? Não é assistir ineres a tudo desmoronar, não deve ser uma boa sensação, ver tudo aquilo que parecia seguro, a sua família sendo tragadas em decorrência da sua corrupção.

  5. Eles perderam completamente o senso do ridículo, a decisão merece qq comentário. Isto aí é sinal de que eles não tem saída alguma, mesmo que busquem de todas as formas reverter os resultados das AÇÕES ANTI-CORRUPÇÃO, sem botarem a mão na PF eles essencialmente não podem fazer nada para parar as investigações, isto pq ainda tem as delações que a PF pode fechar. A verdade é que eles são BRAVOS GUERREIROS DA CORRUPÇÃO, mas exageraram na dose e agora não estão dando conta.

  6. Essas Cortes Supremas precisam urgentemente de uma renovação. Elas vivem em promiscuidade com advogados , escritórios de advocacia e empresários , como se viu agora na festa do Sergio Bermudes.

  7. Somente uma limpeza total no corrupto poder judiciário poderá, quem sabe, daqui a 100 anos, colocar o Brasil no time de países humanamentes justos.

    1. A Justiça de SP é mais suscetível à pressão e ao convencimento.

  8. O STF declarou que ia modular o alcance dessa decisão sobre alegações finais. Iria decidir se os efeitos valeriam apenas daqui para a frente, se retroagiriam, se exigiriam prequestionamento ou demonstração de prejuízo. A ausência dessa modulação traz confusão e insegurança jurídica. Talvez seja justamente isso que o STF queira.

  9. Há varias suspeitas de quem tem muito Ministro do STJ "podre" e com o "rabo preso", portanto o MPF vai ter que identificar e afastar do poder judiciário tais figuras, caso contrário adeus lava jato!!!!

  10. Isso quer dizer que o STJ usou de argumento falso para anular a condenação de PauloPreto e volrar o processo para a fase inicial? E fica por isso mesmo, Justiça de SP?

    1. Claro que não. Esse Ministro, caso culpado, vai ser condenado a passar o resto do seus dias em casa, no exterior, na praia, percebendo o salário mínimo de 50.000,00...

  11. Isto DEVERIA ser a CAPA DA REVISTA!! Envolve um PRECEDENTE Jurídico SEM Nenhuma Base Legal; nem sequer "suposição legal"!!Todavia é o "PAULO PRETO" O OPERADOR DE PROPINAS do psdb PAULISTA e Nacional!!Então a Crusoé se junta à mídia Venal pra ESCONDER a Importância dos FATOS!!O 'aparelhamento' da 'justiça' a favor do psdb é um Projeto de Poder Anterior ao do pt, porém em Plena Vigência com apoio de Verbas Publicitárias pagas pelos gov estaduais!

  12. Este será protegido a qualquer custo, sabe que ele irá fazer delação se ficar preso. E tem muita gente que não está incriminado ainda que fazia parte do esquema dele

  13. Grande parte dos políticos, togados e da imprensa, perderam totalmente a vergonha na cara. Aí quando alguém fala em AÍ 5 , todos eles se juntam .

  14. Em sp como no rj , os tribunais estão aparelhados, pela esquerda e pelos integrantes dessas cortes indicados pelos partidos de plantão, passados e presentes. Quase impossível sair alguma condenação a dirigentes políticos ou das cupulas partidárias. Excessão da equipe do juiz BRETAS no RJ.

Mais notícias
Assine agora
TOPO