MarioSabino

Dois filhos únicos

05.08.22

Tenho dois filhos únicos. Explico: de mães diferentes, eles nunca moraram juntos e uma diferença de 12 anos os separa. O mais velho, como talvez se lembrem alguns leitores, vive na Austrália, para onde se mudou faz quatro anos. Está muito bem, obrigado, depois de dar duro como garçom, enquanto cursava um master na área dele, marketing e vendas. Aos 28 anos, trabalha numa grande multinacional, tem um companheiro valoroso, o Trent, um Mercedes velho e um corgi chamado Alfred. Moram num apartamento de 70 metros quadrados nada mau e agora estão tentando mudar para uma casa. O proprietário da casa acha que a renda conjunta de ambos é baixa para pagar as despesas do imóvel, embora aqui no Brasil eles pudessem ser considerados de classe média alta. A Austrália é cara e Sydney, muito mais.

Há dois dias, enquanto esperava no banco para receber a minha primeira aposentadoria, entabulei uma conversa por WhatsApp com o meu filho mais velho. Ao saber da minha aposentadoria, ele disse: “Parabéns, pai! Dever cumprido. Em 31 anos, espero estar igual”.  Respondi que desejava futuro bem melhor para ele, dada a quantia que recebo depois de quatro décadas me esfalfando. Quando completei 60 anos, ele disse: “Te amo e tenho muito orgulho de você, pai. O meu sonho é ter o mesmo sucesso e integridade que você tem”. Sucesso, propriamente, não tive, ou de tão relativo já não consigo enxergá-lo. Mas acho que me sobrou alguma integridade e fiquei comovido com esse reconhecimento. Na conversa de dois dias atrás, ele me convidou para passar o Natal na Austrália. Talvez eu vá. Meu filho mais velho conseguiu construir uma família, que espero ser duradoura, e seria bom conhecer onde ele cria os seus alicerces.

O meu caçula, de 16 anos, anda às voltas com roteiros, não sei se já contei. No ano passado, depois de escrever uma temporada de uma série de TV , ele começou a roteirizar o meu primeiro romance, O Dia em que Matei Meu Pai, que resolveu ler espontaneamente. Sempre achei que o livro daria um filme, mas jamais lhe disse nada a respeito. Por isso mesmo, achei ainda mais tocante. Depois de ler as primeiras versões, concluí que o meu caçula é muito melhor escritor do que eu. Com 15 anos, eu era incapaz de escrever como ele, ter os insights que ele tem, muito menos em inglês.

No mesmo dia em que recebi a primeira aposentadoria, fui jantar numa pizzaria com o meu caçula (o garoto dorme na minha casa todas as terças-feiras). Conversamos longamente sobre o roteiro. Mas ele notou as minhas ilusões perdidas e me deu uma bronca: “Pai, acredite em você, velho. Deus não está fora de você, fazendo o que ele quer. Ele está dentro de você, fazendo o que você quer”. Concluí que o meu caçula é uma pessoa muito melhor do que jamais fui. Espero que o Deus que está dentro dele o ajude a fazer o que ele quer de bom.

Na volta, no meu escritório, o meu velho amigo Montaigne apareceu para me dizer que, afinal de contas, não sou inteiramente ruim, em que pesem todos os meus erros, todos os meus pecados, todas as acusaçōes que possam me fazer: “Queremos ser amados por nossos filhos? Queremos tirar-lhes a ocasião de desejar a nossa morte? Encaminhemos a sua vida razoavelmente na medida da nossa capacidade”.

Tenho dois filhos únicos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Mário, eu gostaria de lhe agradecer por continuar conosco nesta luta inglória por alguma justiça no Brasil, mesmo após a saída do nosso querido Diogo... Se não conseguimos mudar nada para melhor, temos ao menos um jornalismo confiável e de qualidade nas páginas da Crusoé e no Papo Antagonista, e isso já é precioso, diante da miséria intelectual e de princípios que vemos na internet e em muitas mídias. Então, que Deus abençoe o seu trabalho, juntamente com o do Cláudio e da equipe da Crusoé!

    1. Muito obrigado, Suzane. Agradeço também a todos os leitores que enviaram comentários lamentado a interrupção dos artigos do Diogo.

  2. Lindo. Sei que não escreveu esperando confete (ou sim? Já que É um escritor!), mas pare de se desdenhar. Talvez a depressão pelo que temos vivido, politicamente. Mas vamos superar. Fé em você!!

  3. Mário você se lembra do artigo que você escreveu quando Bolsonaro ganhou? Sobre tudo que você pensava do que ele deveria fazer se fosse um bom presidente. Magistral. Virei sua leitora para sempre. Pensei: esse cara tem que ser meu amigo para sempre. Éramos inocentes criaturas, então. Acreditamos que ele assinaria embaixo de tudo que você pregou. Hoje estou aqui já sabendo sua dor de despedir do amigo. Sei que está doendo nos dois. Você não vai apagar a luz. O empreendimento vai continuar.

  4. A maioria dos leitores inveja o Diogo por sua cultura (que de fato é invejável). Eu o invejo pelo privilégio de ser seu amigo. Leio a coluna e penso: tinha que ser meu amigo esse cara. Não como esses amigos circunstanciais que a vida dá e tira, mas como aqueles que duram pra sempre. Sorte de poucos, eu acho. Vivemos cercados de muita gente porém quase sempre sós. Continue a fazer da coluna sua confidente, e eu me contento em ser seu amigo unilateral e intermitente.

  5. Belo texto. Sou pai de dois filhos, não únicos, mas me identifico com esta necessidade de entregá-los bem para a vida adulta, sabendo que não há a menor garantia de retribuição, por melhores que sejamos.

  6. Que lindo, grande Mario Sabino!!! Parabéns por merecer esses lindos filhos!!! V faz jus a eles!!! Paz e luz em nossos corações...em toda Terra!!... muito lindooo!

  7. Como sempre qdo vc falar por ti e de ti tufo fica suave e bom na Crusoe e nso mórbido e deplorável como com o Diego ! Tenho dois filhos com oito anos de diferença e quase dois filhos únicos! Do medmo pai ! São bons irmãos mas filhos únicos! Tive irmãos com os quais não tenho fraternidade alguma! Pena né! Pai deve tornar os filhos próximos !

  8. Salut Mario, Parabéns pelo seus dois filhos único, grande vitória como pai, digo o mesmo com único filho que também é feliz... J'adore te lire 📖 merci

  9. Parabéns Mário!!! Feliz dia do pai de dois filhos!! Saiba q vc é feliz tanto q eu...e olha q só tenho um!!! Deus te deu um legado duplo. Abs carinhoso 💖

  10. Feliz Dia dos Pais para você e seus dois filhos únicos! Criar nossas crianças dando a cada uma a oportunidade de realizar seus próprios sonhos e ser feliz é razão da nossa própria criatividade e fortuna… parabéns!

  11. Poxa, Sabino esses seus filhos únicos são mesmo "os caras". Admiro mais o mais novo, que acho mais parecido com você. Se aos 16 anos ele está melhor do que você (corujice de pai, talvez), como estará aos 40? Filho de gênio, geniozinho é. Quero ver o filme quando estiver nas telonas. Parabéns por seus dois filhos únicos.

  12. Parabéns, pai! Tenho também dois filhos abençoados e únicos na sua generosidade e integridade: bens preciosos para qualquer ser humano.

  13. Como é bom ver a sensibilidade o olhar humano em VC, Mario, que nos comove , emociona e nos presenteia mais uma vz com esse lindo texto. Mto obrigada

  14. esse texto tende a nos espelhar em nossas próprias criações, é perceptível a analogia anacrônica entre seus filhos e que ao mesmo tempo te complementam como pai Mario. parabéns por seus filhos únicos!

  15. Parabéns por ter criado dois filhos para 0 o “mundo”, dando a eles a liberdade de escolhas. Deve se orgulhar muito disso.

  16. Prezado Mario! Não sei se vc irá ler meu comentário, mas penso que o que melhor podemos levar desta vida é o sentimento de dever cumprido! Ver nossos filhos crescer com dignidade, tendo em nós pessoas que eles respeitam e podem se orgulhar é uma dádiva! Gostei de seu texto, como sempre! Felicidades! Beniza Figueira

  17. Uma vez li q tb é preciso paciência para gozar. Tenha essa paciência e se refestele com esses filhos únicos q vc tem. Vc é um pai valoroso. 😊

  18. Meu querido,somos contemporaneos e temos 2 filhos.Eu sempre fui visto pelos meus amigos como um otimista.E é verdade,vim de família humilde,cuja a maior herânça foi o caráter,a bondade,a inteligência de meu pai,contador que passou fome na vida e ensinou a seus filhos o valor da honestidade e do trabalho.Tento ser 50% do pai que ele foi para meus filhos.Graças a Deus,são filhos maravilhosos,de grande caráter e valores que chamamos de cristãos.A mim,estou trabalhando no siginificado da esperança.

    1. Verdade um texto que nos faz acreditar em gente honesta, de caráter e por isso faz brilhar seus filhos . Fiquei emocionada.

  19. grande mario, parabens pela vida, pelos filhos, pela integridade, pela aposentadoria nem tanto, esse pais trata mal os aposentados da iniciativa privada.... enfim, parabens por o antagonista e crosoé!! nada mal hein?? seu filho tem razão!!

  20. Mário e a sua mania de escrever o que só temos a capacidade, as vezes, de pensar. As dores de ser pai e mãe é o fardo da vida.

  21. Meus cumprimentos pelo seu passado de sucesso pessoal, bons filhos, e profissional, grande jornalista, mas minha esperança está em seu futuro longevo, produzindo textos de ótima qualidade abordando os diversos temas que nos motivam no dia a dia.

  22. Parabéns meu caro Mário. Com frequência leio sua coluna na Crusoe e escuto suas falas no Momento Antagonista! Você sempre foi claro, lógico e tem bom senso.:Acho as vezes desiludido, melancólico e pessimista com o Brasil … O que não é difícil ser nesse país! Mas temos muita gente boa aqui e de bom coração! Você é um deles! Como já dizia um antigo motorista de meu pai, “estamos aqui de passagem, vamos semear o bem”!. Vc é plantador de boas sementes ! Parabéns pelo seu trabalho e historia!

  23. Parabéns Sabino!!! O fato de seus filhos se espelharem em vc e ter tanto orgulho disso já é uma grande vitória e faz tudo valer a pena

  24. A integridade é, de longe o sucesso! Parabéns por isso e pelos filhos que está criando! Esta é a verdadeira herança!

  25. Todas as sextas-feiras, bem cedinho, ainda na cama, abro a Crusoé e vou direto ao seu texto, mas, antes de iniciar a leitura tiro da gaveta um pacotinho de lenços porque sei que vou me derreter em lágrimas. Mais um texto lindo, amoroso, emocionante. Parabéns e obrigada.

  26. Não só lendo este texto, mas em outros, e também nas suas quartas-feiras no Papo Antagonista vejo que os 60 te impactaram bastante. Comigo foi o mesmo. Essa virada foi a mais difícil que eu me lembre. A aposentadoria então? destrói de vez. Ontem fui visitar a Casa Cor aqui em Curitiba e paguei "meia" porque sou idosa. O mundo te enfia por goela abaixo que você é velho, não adianta reclamar se este estigma não combina com seu vigor.

  27. Sempre impecáveis e tocantes os teus textos. Generoso para com os filhos como (penso) devemos ser. Sempre é bom um pouco de humanidade nesses tempos tão combalidos.

  28. Um presente ler uma crônica como essa nesses tempos . Obrigada pelo respiro , e pelo suspiro … Muito linda e rara sua relação com seus filhos . Parabéns também por isso .

  29. Que lindo! Emocionou-me seu texto. Quem tem filhos entende! E viva. Vida longa e feliz aos seus e parabéns por seus méritos com eles.

  30. Que texto bonito, Mário! E você escreve com tamanha franqueza e orgulho de seus filhos. Missão cumprida com amor e dedicação. Parabéns!

  31. No final de tudo, o nosso céu ou o nosso inferno será o fruto que deixamos na terra e vc assim como eu, se Deus quiser, deixaremos como frutos pessoas íntegras e boas... e isto basta!

  32. Parabéns pela criação dos filhos, senão juntos a você, pelo exemplo que o tiveram de pai… isso até “criou” esse Deus interior que enxergam em você.

  33. Oi Mario! Que lindo!!! Fiquei pensando várias coisas enquanto lia (sempre fico...), mas só vou dizer uma: sorte de quem tem o senhor por perto, por laços sanguíneos, pela escolha da amizade, pelo compromisso de trabalho... 😊 Ah! E q inveja da sua aposentadoria 😬... Amo meu trabalho, mas, sinceramente, por mais duzentos anos...🥴🥴🥴 (foi mais de uma coisa...)

  34. Parabéns, Sabino, pelo seu sucesso duplo: profissional e pessoal, porque criou dois filhos maravilhosos! E eles têm do que se orgulhar também!

  35. Em tempos de “ influencers”, alguém que não se vê perfeito, um poço de virtudes, denota uma grandeza moral que escasseia nos dias atuais. Trabalhar por superar falhas e dificuldades e conseguir transmitir isso aos filhos, diferente do que vc diz, mostra quão exitoso vc é, na vida familiar e profissional. Que 60 anos bem vividos! Vc pode dar graças a Deus, sem tomar o Santo Nome em vão.

  36. Parabéns pelo texto, que me emocionou, pelos filhos e, sem dúvida alguma, pelo sucesso e integridade. Sou sua fã.

  37. O mundo será melhor quando país e mães educarem seus filhos com afinco, respeito e honestidade. Quando constatamos ( como é o meu caso) que eles são melhores que nós,nossa missão foi realizada

  38. Parabénsssss Sabino, filhos são a melhor parte de nós, uma constante evolução da espécie , humanos reais que o planeta precisa.

  39. Parabéns, Mário! Pelos 60 anos bem vividos, pela aposentadoria, pelos filhos e principalmente pelo pai que parece ser.

  40. Que criou dois filhos únicos tão bem, não pode ser uma pessoa ruim, ao contrário, além de ser uma pessoa do bem, é muito talentoso na sua profissão.

  41. Emocionante seu texto, Mário. Tocou-me profundamente. Por nossos filhos, todos os sacrifícios. E td torna-se irrelevante ao vê-los bens, felizes e perceber que são pessoas melhores que nós mesmos. Parabéns!

  42. Belo texto. A melhor recompensa que um pai pode ter é saber que os filhos se orgulham dele. É meu principal objetivo de vida. Tenho tido sucesso, assim como você.

  43. Tocante sua maneira de expressar seu amor e orgulho pelos filhos. Se não for corujice de pai, se for mesmo verdade que seus filhos são melhores que você, considere-se um ser duplamente vitorioso e privilegiado. Pois, sendo vc mesmo um ser humano excepcional em todos os sentidos, contribuiu para dotar ao mundo duas criaturas extraordinárias.

    1. Também me emocionei (digo, chorei) lendo seu texto. 👏👏👏

    2. Parabéns pelos filhos e por escrever tão lindamente !!!

Mais notícias
Assine agora
TOPO