Um aceno ao agronegócio

16.06.22

Depois de analisar mais de 120 propostas feitas pelos partidos que apoiam o candidato petista (PCdoB, PV, PSB, PSOL, Rede e Solidariedade), a campanha de Lula deve divulgar nesta terça, 21, as diretrizes do seu programa de governo. Um conjunto especial de propostas busca agradar ao agronegócio, um dos setores econômicos mais refratários à candidatura de Lula. A mais transformadora, acredita o PT, é efetivar o funcionamento do recém-regulamentado mercado de créditos de carbono. Isso envolve credenciar empresas certificadoras, capazes estruturar projetos técnicos e pôr frente a frente proprietários de áreas florestais e empresas interessadas na compra de créditos.

USPUSPPlantação e floresta: créditos de carbono para atrair a turma do agro

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O agronegócio ‘e igual a matilha muito organizada e escolhe meticulosamente para aniquilar suas vítimas , um rolo compressor que só visa o lucro.

  2. Tudo o que o agronegócio precisa de um governo Lula é distância. Eleito ou não, mantenha distância. Não tente ajudar, apenas mantenha distância. Aliás, o mesmo se aplica a todos os setores da economia. Mantenham Lula e seus amigos o mais distante possível do cofre. TCU, não tem desculpa para novo cochilo. Tenham com o (eventual) governo Lula, pelo menos 1% da "disposição" que apresentaram para investigar Moro.

    1. É melhor deixar o conglomerado Bolsonaro & Cia e o ético, justo Juiz anticorrupção!!

  3. O Luladrão promete que não vai enganar o povo brasileiro outra vez. Creia nisto, e seremos mais uma vez vítimas do mesmo ladrão, mentiroso, lesa pátria. Luladrão nunca mais. Este mentiroso e descondenado, ex presidiário não consegue enganar mais ninguém, excessão aos alienados da seita deste santo padim Lula.

  4. Meu LIVRO “O INROTULÁVEL”. Link de acesso: https://www.amazon.com.br/dp/B09HP2F1QS/ref=cm_sw_r_wa_awdo_PQSA5Z6AXXH2SX16NH87 #MOROouNULO: o ACORDÃO dos DEGENERADOS MORAIS para EVITAR o IMPEACHMENT do BOLSONARO e TIRAR LULA da CADEIA! os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Gostaria imensamente que Sérgio Mouro levasse a frente sua candidatura, mas os corruptos não deixam!!!!

  5. O Brasil é certamente um dos maiores mercados de Crédito de Carbono, mas também é um dos mais atrasados na regulamentação deste mercado

  6. Como se vê Crusoé trabalha pra campanha do PT. Vai ficar vendo navios. BOLSONARO vai eleito no primeiro turno.

    1. Como se vê, você age de má-fé ou caiu hoje de paraquedas na Crusoé, pois desconhece (ou finge desconhecer) toda a trajetória jornalística da turma de O Antagonista, que veio a resultar nessa revista...

  7. "Os administradores do PT são como nuvens de gafanhotos.“ (PAULO MALUF, março de 1993), cuidado Agronegócio . "

  8. Trata-se de ideia de óbvia conveniência nacional. Lembro do antigo financiamento federal para projetos de reflorestamento com ótimos resultados, no Nordeste inclusive. Agora, o Brasil tem tudo para recuperar áreas degradadas e a imagem internacional enquanto fatura a produção natural de oxigênio. É uma iniciativa imprescindível após as decisões da COP-26 em Glasgow 2021.

    1. Já possuimos o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal nos anos 1970. Podemos reativar essa atividade com financiamento privado nacional e estrangeiro. Ou não???

Mais notícias
Assine agora
TOPO