Agência Brasil

No dia de seu aniversário, Osmar Terra passa cargo para Onyx

18.02.20 15:36

O agora ex-ministro Osmar Terra (foto) completa 70 anos nesta terça-feira, 18. Ganhou como presente a cerimônia de transmissão do cargo para Onyx Lorenzoni, que deixou a Casa Civil e toma posse, nesta tarde, como ministro da Cidadania.

Como “prêmio de consolação”, o presidente Jair Bolsonaro chegou a oferecer a Terra a embaixada no Canadá ou um posto diplomático em Roma. O ex-ministro, porém, recusou. Preferiu retomar o mandato de deputado federal.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Em Brasília ele fatura muito mais, Canadá e Roma é para passear com o dinheiro roubado. Afinal de contas, o cara é do MDB.

  2. Embaixada no Canadá não é bagatela. Excelente posto diplomático. O país é sofisticado, com cidades muito interessantes, desde Halifax, na Nova Scotia, até Vancouver, em British Columbia. No miolo, há duas metrópoles extraordinárias, Toronto e Montreal. Mas, se o ministro pretende voltar ao D.F., nada mais se pode dizer. Até hoje, amigos e admiradores do Gen. Santos Cruz não conseguem entender a razão de ter preferido um cargo em Brasilia ao posto de prestígio que ocupava na ONU, em NYC.

Mais notícias
Assine agora
TOPO