Marcos Corrêa/PR

TCU vai julgar se atos golpistas do Sete de Setembro receberam dinheiro público

14.03.22 10:02

Depois de dois adiamentos, o Tribunal de Contas da União marcou para 27 de abril o julgamento do processo que apura a possível utilização indevida de recursos públicos na convocação, divulgação e organização das manifestações antidemocráticas e de caráter golpista do Sete de Setembro.

No feriado da Independência do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro reuniu milhares de apoiadores que ostentavam cartazes em defesa da intervenção militar e do fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. Bolsonaro compareceu pessoalmente aos atos realizados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e na Avenida Paulista, em São Paulo.

O relator do processo, Antonio Anastasia, assumiu o caso após a aposentadoria de Raimundo Carreiro, hoje à frente da Embaixada do Brasil em Portugal.

A partir de uma representação do Ministério Público junto ao TCU, a corte avalia se os organizadores usaram recursos públicos para custear os gastos com infraestrutura dos dois eventos ou para a produção do material de divulgação.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA ASSINANDO O COMBO

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. De graca nao foi, muito menos nenhum politico colocaria seus parcos recursos pra pagar a conta milionaria. Ja meteram a mao no nosso dinheiro pra custear aquelas e outras mais sempre. Serao mais uma vez inocentados e sairao livres leves e soltos pra continuarem a gastanca. MORO PR, Jair e Luladrao caindo fora.

    1. Lulaladrão e FAMILICIA BolsoNero caindo fora de mãos dadas com sua crias degeneradas, seus asseclas ambiciosos civis e militares e suas ex e atual consorte.

  2. Pena que não vai dar em nada. Se esses tribunais fossem sérios e houvesse ética nas suas ações BOZO já estaria atrás das grades. Ele e sua família.

  3. Os ANTAS estão na seca e esgotados de assunto. O Iscariotes e seus "Bad Boys" MBLiânus já eram, o Calcinha caiu no esquecimento, o Aecin Posin está fora de combate, portanto só restou o ex-detento ladrão e cachaceiro pros ANTAS exaltarem e glorificarem. Óh vida!, ... Óh Céus! ... kkk!

Mais notícias
Assine agora
TOPO